terça-feira, 14 de setembro de 2021

O Rei e a Feiticeira: Capítulo 3

 


 Nome: O Rei e a Feiticeira.

Classificação indicativa: +16
Sinopse: Sabe todas as histórias sobre lobisomens, vampiros, feiticeiro e sereias? Não são só história! Essa é a história dos acontecimentos que levaram os sobrenaturais a ter que viver escondidos por todo esse tempo, contada pelo ponto de vista do rei Kraig, da rainha vampira Kemira e da feiticeira Celeste.


Aviso: Eu escrevi essa história baseado em como eu acho que as pessoas pensavam na época então vai sim ter cenas que na época eram consideradas normais e hoje são politicamente incorretas. Para fazer essa historia eu me inspirei em historias das editoras Marvel e DC comics, Fairy Tail(anime), Naruto(anime),  Dragon ball(anime), Saint Seiya(manga), Eragon(Quadrilogia de livros), Percy Jackson(filme), The Whitcher 3 (Jogo) e
avatar (anime). Todas essas obras serviram de inspiração para que eu decide-se a forma que a Magia vai funcionar nas minhas histórias. Também adaptei eventos do jogo The Sims Medieval para se encaixarem na historia e um pouco do que li sobre sobrenaturais na internet.


 

(Mapa do simmundo como os sims achavam que era o simmundo na época)

Capítulo 3


Criminoso: Ora, ora... Oque temos aqui? Passa a bolsa vovô se não quiser virar churrasquinho! 

Celeste estava voltando para casa depois de coletar alguns ingredientes para poções e viu a cena. 

Celeste resolveu interferir e enquanto ela lutava o idoso que estava sendo assaltado fugiu. 

Criminoso: OUTBURST!!!

Celeste: SHILD!!! 

Criminoso: OUTBURST!!!

Celeste: OUTBURST!!! 


A batalha durou um bom tempo
 

E Celeste conseguiu vencer nocauteando o oponente. 


Assim que chegou em casa Celeste esquentou a água com magia e foi tomar banho. 

Depois trocou de roupa e foi preparar o almoço. 

Enquanto o almoço cozinhava Celeste foi cuidar dos animais. 

Foi aí que Celeste viu o idoso que ela tinha ajudado chegando com um grupo de caçadores e teve que sair correndo deixando tudo para trás porque ela ainda estava cansada da batalha que tinha tido pela manhã e não poderia lidar com seis caçadores ao mesmo tempo. 

O fato de não estar usando uma armadura de trinta quilos deixou Celeste mais rápida que os caçadores. E ela ainda tinha a vantagem de que eles não poderiam usar os cavalos no Pântano porque os cavalos afundam um pouco no solo (o que impede eles de correr). Celeste acabou conseguindo sair do pântano e despistando os caçadores perto do reino de Beauvais más já estava bem cansada e com um braço machucado quando conseguiu.

___________________________________________________________________________________ 

Caçador: Majestade eu venho informar que a uma bruxa perigosa a solta.

Kraig:  E o que você quer que eu faça?

Caçador: Eu e meus homens viemos até aqui seguindo ela. Preciso da sua permissão para revistar as casas e encontrá-la.

Kraig: Negada!

Norman: Ficou maluco? Estamos falando de uma Bruxa!

Caçador: Eu e meus homens estamos acampados nos arredores do reino. Me chamem se localizarem a bruxa. 

Kraig: Vou pedir a Angeline para investigar isso discretamente. Não quero causar pânico desnecessário.

Norman: A Angeline treinou para lidar com pessoas e não bruxas. Ela não tem a menor experiência com esse tipo de problema.

Kraig: É por isso que vou mandá-la com uma equipe. Acredito que ela e mais três sejam o suficiente para lidar com uma única bruxa.

Norman: Seu pai tinha muito mais juízo quando o assunto é lidar com bruxas

Kraig: EU NÃO SOU ELE! NÃO ESPERE QUE MEU REINADO SEJA IGUAL AO DELE! 

Norman odiou isso afinal era a vida da filha dele que o rei estava arriscando. Desde o começo ele nunca aprovou a filha entrar para a guarda (por puro preconceito) más Kraig permitiu então ele não pode fazer nada. Norman ficou preocupado assim que soube que Angeline teria que lidar com uma bruxa. 

Rodger: Majestade a família real de Yorshikha acaba de chegar

Kraig: Leve-os aos aposentos que mandei preparar para eles e mande preparar um bom banho para todos. Devem estar exaustos.

___________________________________________________________________________________ 

Trina: Porque eu tenho que me casar com esse tal de Kraig?

Weston: Já falamos sobre isso. O nosso reino vai falir se você não fizer isso. O nosso povo está prestes a se revoltar então precisamos de armas, soldados e dinheiro para lidar com eles.

Gisele: E ainda temos o problema com os bruxos. Caçadores cobram caro pelo serviço.

Trina: Se pensa que vou me casar com um velho barrigudo só porque você quer está muito enganado! Você ferra com a economia do reino e eu que arco com as consequências? 

Rodger: Seu dia de sorte! O Lorde Kraig não é nenhum velho. O jantar já vai ser servido princesa. Estamos só aguardando vocês. 

___________________________________________________________________________________

Celeste já estava cansada e a noite estava muito fria. Foi aí que ela cometeu o erro de conjurar uma fogueira para se aquecer e acabou sendo vista sem querer por Angeline e os homens dela. 

Celeste até tentou resistir más não tinha energia suficiente e acabou sendo capturada. 

___________________________________________________________________________________

Trina(pensando): Esse aí que é o Kraig?  Pelo menos não um velho babão. Espero que ele seja gentil como os príncipes dos livros.

Weston: Acho que seu pai deve ter te informado do acordo que fiz com ele.

Kraig: Me informou sim. E pretendo cumprir.

Weston: Ótimo! Quando podemos começar os preparativos para o Casamento?

Kraig: Muito em Breve. Tem um pequeno inconveniente que preciso resolver antes. 


Rodger: Majestade Angeline e os homens dela encontraram a Bruxa. Estão trazendo aqui para julgamento

Kraig: Já informaram ao caçador que a bruxa foi encontrada?

Angeline: Meus homens já informaram a eles Majestade.

Celeste: POR FAVOR NÃO!!! E-EU NÃO FIZ NADA DE ERRADO EU JURO!

Kraig:  E por que os caçadores estão atrás de você? Alguma coisa deve ter feito para atrair a atenção deles.

Celeste: EU NUNCA FIZ NADA DE ERRADO. SÓ VIVIA A MINHA VIDA EM UM PANTANO QUE FICA NO MEU REINO NATAL NO MONTE SAFIRA.


Sobre o Monte Safira: O reino SaphireLand recebe esse nome por causa do Monte Safira que fica dentro do reino e é rico em pedras preciosas. O reino foi criado junto com a criação dos Simoleons e se desenvolveu através do comércio de Safiras e outras pedras preciosas com outros reinos.  Não é possível tirar metal da natureza em um raio de mil quilômetros desse monte e o reino inteiro tem aproximadamente setecentos quilômetros de área dentro das muralhas. 

Caçador: Mandou me chamar Majestade?

Kraig: Do que essa jovem é acusada?

Caçador: Não entendi sua pergunta. Ela é uma bruxa! É motivo suficiente para ser executada!

Kraig: Então está me pedindo para te deixar levar para ser executada alguém que não cometeu nenhum crime?

Caçador: Ela tem poderes dados a ela por Zalos. É perigosa!

Celeste: MEUS PODERES NÃO VÊM DE UMA FONTE MALIGNA!  ELES FORAM DADOS A MIM PELO OBSERVADOR! NASCI COM ELES! 

Caçador: Eu achei que você entendesse afinal praticar magia aqui também é crime.

Kraig: A partir de hoje não é mais. Não vou permitir que você a leve.

Norman: VOCÊ ESTÁ MALUCO KRAIG? BRUXAS SÃO UMA AMEAÇA!

Celeste: Só quando somos ameaçadas primeiro! 

Caçador: Nesse caso você não me deixa escolha. Pela autoridade que me foi concedida pela igreja Jacobina eu te desafio para um duelo pela custódia da bruxa.

Kraig: Não me interessa o que a igreja Jacobina pensa! Eu sou Petrino!

Angeline: Deveria te interessar! Eles têm um país inteiro na palma da mão deles.

Kraig: Nesse caso...

Norman: Ele não pode duelar! Não vamos arriscar perder o nosso rei.

Kraig: Norman, tem razão. É por isso que Angeline irá duelar no meu lugar como a representante do reino.

Angeline: OQUE? NÃO VOU LUTAR PARA SALVAR A VIDA DE UMA BRUXA!

Kraig: OUSA DESOBEDECER A UMA ORDEM DO SEU REI?

Celeste: ESSA BRIGA É MINHA EU LUTO! SÓ PEÇO QUE ME EMPRESTE UMA ESPADA!

Norman: Você tem magia se vira!

Kraig: Muito bem! A luta acontecerá amanhã de manhã no pátio do castelo, os caçadores deveram enviar um representante e se a bruxa vencer, ela estará livre para partir sem ser incomodada pelos caçadores. Está de acordo caçador?

Caçador: Estou!

Kraig: Ótimo! Desamarem a bruxa e levem ela até um dos quartos de visitas para que tome um banho e troque essas roupas sujas. 

Celeste: Obrigado Majestade

Kraig: Não me agradeça ainda! Se você fugir da luta de amanhã meus homens vão atrás de você e vão te matar.

Celeste: Vocês não me conhecem e já acham que sou uma vilã só porque alguém disse a vocês que bruxas são perigosas. Não sabem pensar por vocês mesmos?

___________________________________________________________________________________ 

Rodger levou Celeste até o quarto de visitas e lá tinha uma banheira para que ela tomasse banho. 

Rodger: Eu trouxe algumas roupas do guarda-roupas real para você.

Celeste: O-Obrigado... Pode se retirar? Não estou acostumada a ser vista nua por homens.

Rodger: Eu irei esperar do lado de fora. O lorde Kraig me colocou a sua disposição por essa noite. 

Após o banho Celeste foi dormir nua. O colchão era mais confortável do que o colchão que ela era acostumada a usar.

Angeline: EI! ACORDA!

Celeste: Bom dia para você também guarda.

Angeline: O lorde Kraig me pediu para trazer uma armadura e te ajudar a colocar. 


Angeline: Eu sei que vocês bruxas odeiam armaduras então eu trouxe a versão mais leve disponível.

Celeste: É difícil se mexer nessa coisa! Parece que pesa uma tonelada.

Angeline: Essa tem dez quilos. É usada para treinar novos recrutas então tenta não danificar muito ela antes daquele caçador te matar.

 

Continua...


Um comentário:

  1. Mas que filho da mãe! A Celeste ajuda e ele traz os guardas.
    Entendo muito bem a preocupação de Norman com a filha dele, mas acho que a Celeste não vai fazer mal a ela.
    Não me enganei a respeito de Kraig ser um bom Rei.
    Torecendo muito para que Celeste ganhe o duelo!

    ResponderExcluir